Exercícios de distribuição de notas em uma tríade

O objetivo deste post é fornecer pequenos exercícios práticos de distribuição de vozes e de revisão de conceitos.

As habilidades musicais de compor, harmonizar ou analisar composições dependem de prática tanto quanto as habilidades de reger ou tocar um instrumento. Pequenos exercícios podem ajudar de forma determinante no aprimoramento de habilidades musicais.

O objetivo dos exercícios seguintes é, portanto, refinar o entendimento de conceitos básicos relacionados ao estudo de harmonia (em especial, condução de vozes) e realizar treinamento envolvendo um conjunto pequeno de conceitos.

Para a realização dos exercícios, recomenda-se consultar os capítulos 3 e 5 do Kostka e Payne (qualquer edição), verbetes do Grove (1980) e de outros dicionários de música (ver referências no final).

Muitas das respostas a essas questões podem estar publicadas em outros posts deste site. Recomenda-se tentar compreender, de fato, cada conceito.

Questões conceituais

  1. O que é baixo cifrado?
  2. Que diferença existe entre baixo cifrado e cifra analítica?
  3. O que os números do baixo cifrado indicam?
  4. Qual o baixo cifrado e cifra analítica de uma tríade em posição fundamental?
  5. O que é condução de vozes?
  6. O que são quintas e oitavas paralelas?

Treinamento da escrita

Para cada baixo dado seguinte, acrescente as notas das outras vozes (tenor, contralto e soprano) considerando a extensão de vozes definida por Kostka e Payne e os princípios de espaçamento entre vozes e de forma a manter a manter o acorde original na posição original. Garanta que a tônica e a terça estejam presentes em cada distribuição. Escreva múltiplas possibilidades de disposição das notas nas vozes (vide exemplo mais abaixo).

A Figura abaixo contém três exemplos de distribuições do acorde de Dó maior com o mesmo baixo dado. Considerando as limitações de extensão e princípios de espaçamento entre vozes, há 40 maneiras de distribuir as notas deste acorde mantendo este baixo dado.

Após realizar o treinamento, reflita sobre o impacto da nota do baixo ser mais grave ou mais aguda no total de distribuições obtidas.

Treinamento da análise

  1. Identifique os acordes da primeira parte do coral #007 (Riemenschneider, 1941) indicando com cifra popular e cifra analítica (apenas os acordes que pertencem à tonalidade original). Evite ouvir enquanto não tiver indicado todos os acordes.

Referências

  1. Grove, George, e Stanley Sadie. 1980. The New Grove dictionary of music and musicians. Editado por Stanley Sadie. London Washington, D.C.: Macmillan Publishers; Grove’s Dictionaries of Music.
  2. Kostka, Stefan M., and Dorothy Payne. 1995. Tonal Harmony, with an Introduction to Twentieth-Century Music. 3rd ed. New York, NY: McGraw-Hill.
  3. Randel, Don Michael, ed. 1986. The New Harvard Dictionary of Music. Cambridge, MA: Belknap Press of Harvard University Press.
  4. Riemenschneider, Albert, ed. 1941. 371 Harmonized Chorales and 69 Chorale Melodies with figured bass. New York: G. Schirmer.
  5. Ulrich Michels. 1982. Atlas de Música. Madrid: Alianza.
Marcos Sampaio
Marcos Sampaio
Professor de Teoria e Composição Musical

Meus interesses de pesquisa incluem Musicologia Computacional, Contornos melódicos, Teoria Musical e Joseph Haydn.

Relacionados